Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Incompanhia

A companhia dos (in’s) INcerto INcoerente INconstante

Incompanhia

A companhia dos (in’s) INcerto INcoerente INconstante

Zest

01.12.18 | Delcy Reis

Este pequeno palavrão descreve a tendência, em termos psicológicos que somos forçados a assumir na nossa vida, para podermos atingir um bem-estar e equilíbrio.

Contudo, no meu entender poderá ser uma forma de estar e de viver, perigosa, pelo mundo surreal onde nos podemos colocar, sem termos consciência da realidade onde nos enquadramos.

Mesmo assim, finalmente encontrei algo, das pesquisas de vida, que acaba por relacionar a componente espiritual que me balanceia, com a componente emocional que aprendi a usar na minha vida: viver cada dia como se do presente se tratasse, procurando retirar de cada momento, de cada decisão, a melhor satisfação possível.

Estudos apontam que, a relação entre este modo de estar de vida, aumenta após grandes momentos de transição, que naturalmente deixam marcas, reforçando a capacidade de resiliência que temos.

Em termos de dimensão espiritual, é também uma forma de estar que se foca muito nas terapias orientais que promovem o relaxamento do corpo, que por sua vez libertam a mente, terapias estas que conjugam sons de tranquilidade, cheiros de insenso, e cores da natureza, suportando que efectivamente o ser humano, para se poder contrabalancear numa realidade citadina, precisa de forma recorrente, de se suportar nas propriedades mais básicas do mundo, para também aí poder recarregar baterias e bem-estar.

Contudo, o risco de gerirmos, e sabermos que postura assumir, para nos podermos eventualmente proteger da mudança que estamos a sofrer, poderá apenas protelar um estado emocional menos positivo, que a meu ver terá que eventualmente acontecer, e pelo qual cada um deverá passar.

Todos os processos e gestão mental que fazemos, são certamente para nos motivar e fortalecer, contudo uma porção de realidade, e de vento forte na cara, deverá estar cá, para nos lembrarmos daquilo que somos.