Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Incompanhia

A companhia dos (in’s) INcerto INcoerente INconstante

Incompanhia

A companhia dos (in’s) INcerto INcoerente INconstante

Dom | 12.08.18

Uma casa no Eden.

Delcy Reis

Hoje sonhei com uma casa num paraíso por mim idealizado.

Neste caso, e no balanço, na fronteira de portugal e do resto do mundo, a criação deste Eden foi feita em Sintra.

Esta pequena vila, pequena comunidade de pessoas que efectivamente gosta e nutre laços muito fortes pela sua terra mãe. 

Entendo, assim como entendo as saudades que uma vila daquelas poderá despertar.

Comparo com uma região particular do Brasil, se bem que em termos de clima, Sintra deixará mais a desejar, pela constante revolta da sua serra em não querer deixar passar as nuvens sempre carregadas, e que são empurradas por um vento forte que teima em lavar para longe.

Imagino nesta vila pitoresca, pelo ambiente misterioso que a caracteriza, o meu pequeno jardim de perfeito.

Sintra, é fria pelo verde, e húmida pela Serra, mas está preenchida de trilhos, caminhadas e pontos de vista simplesmente incríveis.

Se bem que, o caminho para o meu Eden, seria apenas por mim conhecido para se manter perfeito, e sem ruído, sem imperfeição, sem pequenos grãos de maldade.

 

A criação do jardim do Eden, é uma tentativa humana de procurar encontrar a perfeição, onde, pelo desafio, o  homem, busca o fruto proibido e é expulso daquela perfeição, que ajuda de certa forma a distinguir o bem do mal, pela vergonha da nudez, pela concepção de pecado atribuída a nudez.

Pois, no meu jardim do Eden, a componente de bem e mal influenciada por catolicismos não faria parte. 

No meu jardim do Eden, prevalecerá a paz, harmonia e felicidade, que a terra por si só já me traz. Sem o preconceito, e a concepção negativa associada  à simbiose plena que poderá existir entre dois corpos, não a rotulando de má. 

E vocês, já criaram o vosso Eden?