Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Incompanhia

A companhia dos (in’s) INcerto INcoerente INconstante

Incompanhia

A companhia dos (in’s) INcerto INcoerente INconstante

Photo Ark

03.02.19 | Delcy Reis

Sempre fui uma curiosa por acompanhar a vida selvagem no nosso planeta.

Tive a oportunidade de, neste fim de semana visitar a exposição que se encontra na Cordoaria Nacional de parte do projeto de Joel Sartore que, ao longo de 25 anos, procura fotografar as doze mil espécies que, neste planeta se encontram em vias de extinção.

Somos convidados a absorver a exposição por diferentes formas de comunicação: desde a resiliência necessária para poder tirar a fotografia a um bufalo, ou mesmo uma ave de rapina onde, quer pelo tamanho, quer pela estranheza da bolsa de pano onde a última é colocada, a mesma reaje de forma bastante agressiva à lente da máquina, que aparece numa brecha de luz reduzida, apenas com a intenção de capturar toda a intensidade do ser.

Entrando no percurso de imagens com uma qualidade gráfica fora do comum, onde cores vivas e fortes de pássaros exóticos cujas espécies era desconhecedora, nos retém. Principalmente pelas expressões dos animais, e pela postura dos mesmos tão bem seleccionada. 

Somos também convidados ao longo de toda a exposição a reflectirmos no nosso papel no mundo, e a tomarmos consciência da velocidade a que, o vamos destruíndo, a velocidade a que espécies são dizimadas, desconhecendo se o ritmo a que as mesmas desaparecem é compensado pela adaptação de novas espécies, às novas condições ambienteais que caracterizam o nosso planeta.

Somos também convidados a ser parte envolvente da consciência, tendo por vista a partilha de imagens publicadas pelo autor, cujas expressões de orangotangos, do Caiarara, do Okapi, nos fazem tão pequeninos nesta imensidão de globo.

Para os amantes da fotografia, da natureza, aconselho a que façam a visita.

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.