Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Incompanhia

A companhia dos (in’s) INcerto INcoerente INconstante

Incompanhia

A companhia dos (in’s) INcerto INcoerente INconstante

Barómetros da felicidade

23.03.19 | Delcy Reis

E andamos todos, ou grande parte de nós na correria, da felicidade. E essa, que por vezes tão superficial é partilhada nas redes sociais, ou então num jantar de amigas onde o orgulho de uma delas, prevalece sobre as restantes pelas novidades que tem para contar. E também pelas reflexões que as próprias férias, por período de reflexão, puderam proporcionar, no que ao significado da vida diz respeito.

Refiro-me a um barómetro, que parece que nunca está  cheio, sendo que por vezes pode ser alimentado por uma emoção superficial e volátil.

No meu caso em particular, sei que o encho, rodeando-me de pessoas, dando boas energias que, se refletem em boas energias no sentido oposto. Para quem, por ventura acredito que deva fazer parte.

Porque, se quer fazer parte, tudo bem, e cá estarei para receber de uma forma coerente, e continua, caso contrário, se for passageiro, por favor que não seja por muito tempo.

E por  vezes, caímos na tendência de ter bons momentos, para os poder partilhar em redes sociais, mais do que efectivamente podermos desfrutar dos mesmos, das pessoas que nos conhecem e que queremos forçosamente, de parte a parte, que continuem a fazer parte da nossa vida.

Fotografias de felicidade, medidores de felicidade, para mostrarmos onde a mesma pode ser alimentada. Ora com pessoas, ora com a novidade, de pessoas, ora com a parte material. Ora apenas e somente com a solidão.

Picos de emoção, emoções fortes, boas de serem vividas, balanceadas com momentos de paz e tranquilidade.

Desafios aos quais nos propomos, que nos propõem podem fazer com que saiamos de casa, em busca de sol, e de cheiro a mar.

Mas tudo não passa de partilhar aquilo que gostamos, com quem gostamos de estar.

E bons sinais de saber acompanhar, saber estar,  reforçam que continua tudo a fazer algum sentido.

Não meço a minha felicidade pelo número de posts que faço nas redes sociais, meço antes, pelo número de vezes que consigo estar com as pessoas que me acompanham, na minha turbulenta companhia, segura e certa que essas, poderão continuar a ser presenteadas com as minha sempre boas energias.

 

Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.